Anúncio

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Veja como foi o Campeonato Regional de Kung Fu


   A Academia Shizuka, do Professor Alexandro Francisco de Andrade (Professor Sandro), de Borrazópolis, comemora o sucesso da realização do Campeonato Regional de Kung-fu Wushu. Pela primeira vez na história do município, um evento conseguiu manter o ginásio de esportes praticamente lotado das 08:30 da manhã até o início da noite, no dia 19 de maio, de 2019. O município recebeu mais de 200 atletas e praticante das artes marciais de todo Paraná e principalmente representantes de cidades da região como: Arapongas; Mandaguari; Apucarana; Califórnia; Cambira; Novo Itacolomi e Rio Bom. A professora Maria, que é faixa preta, também trouxe 17 alunos de Presidente Prudente, estado de São Paulo.

A maior delegação, chegou de Mandaguari, com 45 competidores; seguida de Apucarana, com 37 e Califórnia, com 18. Borrazópolis, que no campeonato realizado em Marilândia do Sul (2018) foi a cidade com mais inscritos, e também colocou mais de 40 alunos nas provas, mas como era a cidade sede, não concorreu ao prêmio de maior delegação.

Os participantes disputaram, nas categorias masculino e feminino, as modalidades de Kung Fu Wushu Tradicional, Wushu Taolu, Shuai Jiao, Wushu Sanda e apresentações especiais de Tai Chi Chuan e outras. A delegação de Califórnia, emocionou o público presente com dois alunos cadeirantes; os quais também foram inscritos para o rol de lutas, um exemplo de vida, determinação e superação. Eles foram aplaudidos e ovacionados pelos público.



"O Sandro de Borrazópolis está de parabéns, por este ginásio cheio de pessoas e por ele conseguir montar uma academia com cerca de 100 praticantes, algo muito importante para nossa cidade. Já temos em Borrazópolis a professora Ellen com aulas de dança e mais de 300 pessoas;  o Junior que trabalha com a Terceira Idade; o secretário de esportes Cesar com a escolinha de futebol e o CRAS, se somarmos, são mais de 1000 pessoas participando destas atividades de inclusão", disse o prefeito Adílson Luchetti. Ele também afirmou que 2019, será o ano do Esporte, porque a cidade vai sediar o JAVIS - Jogos Abertos do Vale do Ivaí, outras competições e investirá na reforma de quadras; construção de campo de área e outras melhorias.




Os vereadores: Cesar do Posto (Presidente); Osvaldino, o "Bazuca" e Wellington, que marcaram presença na abertura; também destacaram a importância da Academia de Kung Fu. Alessandro Canello, Secretário de Agropecuária, Meio Ambiente e Turismo; A professora "Nones" (Assistência Social); Thayssa Luchetti (Sicredi); Maiko Antônio (Rotary) e Washington Luiz (Prefeito de Kaloré), também compuseram a tribuna de honra.

O cerimonial de abertura contou com apoio da professora Ellen, que também encantou o público presente com apresentações do projeto "Plataforma de Dança". Em nota, o professor Sandro agradeceu a todos: "Quero agradecer a todos que nos apoiaram, entre eles: Prefeitura; Sicredi; Rotary; Gusttavo Supermercado; Flávio Piva e outros, como o Valdinei Ocane, servidor público, que trabalhou diretamente nos ajudando na organização e principalmente nossos alunos e seus familiares. Foi uma honra sediar o evento  e, o mais importante, é que os visitantes saíram contes e também reconheceram o sucesso da organização. Que Deus possa abençoar a todos", disse o professor Sandro que conta com ajuda da esposa, a professora Márcia e de toda sua família, praticantes do Kung-fu.

ORGANIZAÇÃO - Vale ressaltar que o Professor Sandro conseguiu o feito, de trazer a competição para Borrazópolis, o qual é organizado pela Associação Shizuka, com sede em Mandaguari, e que tem a frente o Mestre Valdenir dos Santos, de Apucarana, presidente da Associação Shizuka, e o Mestre José Correia, vice-presidente da entidade. Inclusive o Valdenir representou também a Federação Paranaense de Kung Fu. Em sua fala, ele relembrou o início do Estilo Shizuka, criado pelo Grão Mestre Ernega, de Mandaguari, que morreu de forma precoce, mas deixou sua obra e eternizou seu projeto difundindo uma arte chinesa que hoje transforma vidas e serve como inclusão social. Trata-se do esporte  considerado o mais tradicional do mundo, com raízes orientais, e que está cada vez mais forte.

DISPUTA - Durante toda dia, foram disputas emocionantes e combates vibrantes que contaram com o apoio da torcida. Ao final, cerca de 200  medalhas foram distribuídas para premiar todas as categorias.

TRANSMISSÃO VIVO - O evento foi transmitido ao vivo pelo Facebook e Youtube - para assistir click AQUI neste canal (Jorna Catugi). Também foram postadas fotos na página do Shizuka Borrazópolis - AQUI.

Berimbau / Fotos: Roberto Junior e Eduardo Pasqualin