Anúncio

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ocorrências do final de semana

Um rapaz, de 37 anos, foi autuado por embriaguez ao volante, na Av. Rio Grande do Sul, às 21 horas, de sábado, dia 10 de março. A Pm informou que fazia patrulhamento, na área central, região da Praça da República, quando avistou um veículo Fiat Strada, de cor cinza, realizando manobra perigosa, tipo arrancada brusca e cantando pneus, diante da situação que caracterizava infração de trânsito, os PMs realizaram o acompanhamento, sendo dada voz de abordagem na referida Avenida. O condutor apresentava sintomas de embriaguez, e perguntado ao condutor se havia ingerido bebida alcoólica e se faria o teste, disse que sim, aferindo 0,69 mg/l.

Ainda no dia 10 de março, na Avenida Brasil, um mulher de 57 anos, encontrou nos fundos de sua casa em uma plantação de chuchu, uma TV jogada. O aparelho foi recolhido. Na Rua Ceará, esquina com a Rua Distrito Federal, foi encontrada uma pessoa com sangramento na boca e lesão em face. A vítima informou que a pessoa conhecida por “ "Ximbica” foi quem cometeu as agressões devido a desentendimento comercial envolvendo uma bicicleta.

Outro caso de embriaguez, ocorreu na Rua Paraíba, no dia 11 de março, às 20 horas. Um rapaz, trafegava com uma moto Honda Bros, com placas de Lençóis Paulista, sendo que o garupa estava sem capacete. Ao ser abordado, ele aceitou fazer o teste que aferiu 55 mgl.

Ainda no domingo(11/03), ladrões invadiram um casa na zona rural, na PR 466, saída para Kaloré, no Km 01. Segundo o morador, Wesley, conhecido “Lei”, de 57 anos, sua esposa, a professora Marli Hack, de 56 anos, saiu para buscar um lanche e quando retornou, às 19h30min, ao entrar no imóvel, percebeu dois indivíduos armados, com vestes pretas e encapuzados, sendo um magro, aparentando ser menor, e o outro de o parte maior, correndo ao lado da residência. Ela ainda tentou fechar a porta de vidro, mas o local foi invadido. Em seguida, eles foram até o quarto, onde Wesley estava e arrebentaram um segunda porta de madeira. Marido e esposa foram levados para um cômodo, onde também se encontrava sua sogra acamada, a pioneira Elvira Hack, os fazendo reféns.

Durante uma hora e meia, um dos meliantes ficou no quarto vigiando os moradores, até que o segundo revirasse toda a residência em busca de arma e dinheiro. Após conseguir o intuito, um deles ligou para um terceiro indivíduo informando que em cinco minutos poderia ir buscá-los. Foram levados R$1.000,00 em dinheiro, bijuterias e joias diversas, avaliadas em 30 mil reais, além um barbeador, dois carregadores de celular e uma garrafa térmica. Durante o crime, consumiram alimentos e chegaram a levar bananas que estavam na fruteira. “Eles fizeram uma pressão psicológica e não estavam interessados em objetos, inclusive foram embora deixando notebooks, TV e outros eletroeletrônicos como celulares”, disse o morador Wesley ao falar com o repórter Ronaldo Senes, o “Berimbau”.

INSEGURANÇA
Moradores de Borrazópolis tem reclamado do clima de insegurança. São diversos furtos praticados por meliantes que estão aterrorizando a cidade. O mais preocupante é que os crimes são praticados, geralmente, por menores, já conhecidos no meio policial, ou por jovens, a maioria viciada em drogas.