Histórico

PERFIL AVANÇADO DO MUNICÍPIO clique aqui

--- ORIGEM DA CIDADE ---

A Gleba Rio Bom, como era denominada foi dada a construtora prestadora de serviços, que por sua vez era financiada pelo Banco Pelotense do Rio Grande do Sul. A Construtora não podendo honrar seus compromissos deu como pagamento todas as glebas de terra ao Banco Pelotense. Na crise mundial de 1930 o banco foi à falência, então o Estado do Rio Grande do Sul, Banrisul S/A, como era o maior acionista ficou responsável pelo acervo do extinto Banco no ativo e passivo. Para liquidar estas diversas propriedades o Estado autorizou o Banrisul S/A a lotear, vender e administrar todo o ativo de liquidação do ex Pelotense. A Colonização Rio Bom iniciou os trabalhos de loteamento pelo extremo mais próximo dos locais povoados, ou seja, Apucarana, fundando aí o Patrimônio de Rio Bom. Em maio de 1947, o topógrafo Joaquim Vieira Pinheiro chefiando um grupo de medição chegaram ao local onde seria o futuro Patrimônio Borrazópolis. Como não havia estradas, o material necessário foi conduzido por tropa de animais em acesso por picadas. O trabalho de topografia levou seis meses com levantamento do patrimônio e chácaras. No inicio o acampamento era com barracas de lona, instalado na cabeceira do córrego Maringá onde atualmente é o matadouro municipal. Concluído os trabalhos topográficos de campo, as cadernetas foram remetidas para o escritório técnico do Dr. Othon Mader, engenheiro urbanista responsável pelos projetos e plantas, desenhos e cálculos. A Colonização de posse de todo esse material foi à Prefeitura de Apucarana (sede da Comarca), registrar o futuro Patrimônio. Cumprindo todas as exigências da época foi definitivamente aprovado e confirmado o nome de Borrazópolis. Criado através da Lei Estadual nº790 de 14 de novembro de 1951, e instalado em 14 de dezembro de 1952, foi desmembrado de Faxinal.

---PORQUE O NOME BORRAZÓPOLIS ---
O Sr. Francisco José Borraz, era economista e funcionário do Banco Pelotense. Com a extinção deste passou a ser um dos diretores do Banrisul e um defensor do loteamento da gleba e contrário às investidas das imobiliáristas que vinham fazendo proposta de comprar toda a gleba. Pela sua inteligência e capacidade foi uma maneira singela que os funcionários, técnicos e colaboradores encontraram para lhe prestar uma homenagem, que foi emprestando o seu nome a futura cidade. Ele como diretor do banco facilitou e possibilitou diversos projetos para o desenvolvimento de Borrazópolis . Borrazópolis: Borraz = sobrenome do fundador e Ópolis que vem do Grego e significa cidade. O primeiro lote urbano (lote 5, quadra 15) foi vendido a Orlando Corrêa. O segundo lote a Otávio Tomaz de Farias.

--- FERIADOS MUNICIPAIS ---

Emancipação Política (Aniversário do município): 14 de dezembro


Dia da Padroeira (Imaculada Conceição): 08 de dezembro
---
Feiras: aos sábados e as quartas-feiras (das 16hs às 22hs)

--- DADOS POPULACIONAIS ---



Possui uma área de 334,377 km²


localiza-se a uma latitude 23°56'27" sul e a uma longitude 51°35'16" oeste, e está a uma altitude de 700 m.



Sua população estimada em 2005 era de 8.182 habitantes.

Em 2009 a estimativa foi de 8.235 hab. 
bioma: mata Atlântica.



Seu IDH é de 0.727 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000) Urbana: 6.432  Rural: 3.021Homens: 4.751Mulheres: 4.702
dados do IBGE


--- Administração ---

  • Prefeito: Adilson Lucchetti (Didi)                      Vice-prefeito: Joel Pereira
Administração 2013 - 2016

--- Distâncias ---

Capital: 442 km
Porto de Paranaguá: 533 km
Aeroporto mais próximo (Londrina): 106 km

--- Clima ---
Clima Subtropical Úmido Mesotérmico, verões quentes com tendência de concentração das chuvas (temperatura média superior a 22° C), invernos com geadas pouco frequentes (temperatura média inferior a 18° C), sem estação seca definida.


--- Aspectos Econômicos --- 

Participação no PIB Municipal: Agropecuária: 35,45 % Indústria: 13,07 % Serviços: 51,48 % Produto Interno Bruto: US$ 12.587.400,48 % PIB per capita: U$ 1.135,12 % População Economicamente Ativa: 6.098,00 hab.

---

Gentílico: borrazopolitano
Municípios limítrofes:
  Kaloré, Novo Itacolomi, Rio Bom, Faxinal, Cruzmaltina, Lidianópolis, Lunardelli e São João do Ivaí



--- Localização no Mapa ---

Exibir mapa ampliado

--- BANDEIRA ---


--- BRASÃO ---

Hino de Borrazópolis


Borrazópolis, Borrazópolis

Cidade Altaneira
Entre as colinas verdejantes,
Tu reluzes com esplendor.
Município de valor.

No centro paranaense,
Te estendes na parte norte.No "Vale do Ivaí",Tuas terras são ouro forte.

Muitos homens pela mataAbriram as picadas,Rasgando a selva brutaDelinearam-se as estradas.E a natureza exuberanteDeu espaço aos visitantes.

Surgiram os pioneiros,Gigantes com bravura.Regaram com o trabalhoAs sementes da cultura.

A "Terra dos Cafezais"Atraiu os imigrantes.Com esforço, fé e amor,O trabalho foi avante.A cidade foi surgindoCom o povo construindo.

Paraíso deste norteDeste rico ParanáQuantos filhos valorososJá pudestes exportar.

Água que brota das pedrasCoroas esta cidade.No cenário nacional,És uma preciosidade!Cuidar das tuas nascentesÉ uma necessidade.

Na cidade altaneiraQueremos um povo são.Com trabalho, justiça e pazQue Brilhe na educação.

Agricultores, comerciantes,Profissionais liberais.Todos nós fazemos históriaDesde os nossos ancestrais.Que brilhem as nossas obrasNão sejam esquecidas, jamais!

Borrazópolis, Borrazópolis,Cidade Altaneira.Tu reluzes com esplendor,
Município de valor.

Curta nossa Fanpage!

BORRAZÓPOLIS ONLINE™ 2015 - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.