sábado, 8 de agosto de 2015

CRIME - Menores cometem latrocínio


Foi localizado na estrada do conhecido "Kogima" durante a manhã deste sábado 08 de agosto, o carro do senhor que estava desaparecido à 3 dias em Borrazópolis. Três menores foram encaminhados para delegacia para serem ouvidos sobre a situação. Conforme já publicamos, o senhor NELSON DOS PASSOS FREITAS aproximadamente 65 anos, que residia sozinho em uma residência. Quando a família chegou no local, a casa estava aberta, com alimentos estragando e bitucas de cigarros pelo chão. "Achamos estranho porque ele não fuma e havia pedaços de cigarro no chão; o carro também desapareceu e ele não comunicou ninguém da família que estava indo viajar; inclusive o pessoal da Clínica da mulher ficou preocupado ao perceber que ele não tinha chego para o trabalho e a casa estava aberta", disse o conhecido "Guinho"do Detran, que é cunhado de Nelson. 
O investigador da Polícia Civil, esteve na residência durante a tarde desta sexta – feira (07) colhendo novas informações. Um morador vizinho, também declarou que viu um elemento estranho no muro dos fundos da casa e em atitude suspeita. O veículo da vitima é um Fiat Uno, de cor escura com placas de Faxinal.



Após ser apreendido, um dos menores levou a Polícia até o local onde o corpo estava, no Bairro Aviação. Depois de cerca de dois quilômetros, na beira do estradão em um acesso sem saída, o jovem mostrou onde o corpo estava. A vítima foi encontrada deitada, com a cabeça esfacelada, somente de cueca e em meio a uma moita de capim. Em entrevista, o adolescente disse que estava acompanhado de mais dois irmãos, também menores que residem na Rua Pernambuco e que pelo menos um usa droga. Uma quarta pessoa de nome João Vitor, foi levada para Faxinal, mas ela foi apenas de carro com os criminosos até uma festa em Kaloré e disse que não sabia do crime; por isso foi arrolado como testemunha. A Polícia Militar, de Borrazópolis, divulgou um boletim, informando que dois menores de 17 anos, foram localizados na Rua Amazonas, entre eles o primeiro que confessou o crime é é apontado como o mentor de toda situação. Inicialmente afirmaram que compraram o carro por 3 mil reais, mas depois confessaram, dizendo inclusive da participação de um outro menor de 15 anos; este também localizado na casa da avó com um celular e um relógio da vítima, mas teria sido o único que estava no momento do assassinato do servidor público. Eles informaram que o intuito era apenas roubar o veículo, mas que no desenrolar da situação, decidiram matar o senhor Nelson com pedradas e pauladas e jogar o corpo no Bairro Aviação. Eles teriam matado o agente de saúde no mesmo local, onde desovaram o cadáver, e depois jogaram os objetos usados no meio do mato. No IML ficou esclarecido, que mesmo estando quase nu, não houve atentado violento ao pudor. A cidade ficou estarrecida com o crime e familiares chocados. O investigador Pereira e o Escrivão Nisnik de Mello, lamentaram o que vem ocorrendo em Borrazópolis: "Os políticos precisam rever o código penal; porque um menor destes pode escolher o Presidente da República mais não pode ser preso", desabafou o investigador. A polícia localizou todos os envolvidos e os levou para Faxinal, onde ficaram a disposição da Justiça. O máximo de punição que eles podem pegar, é serem encaminhados para um centro de ressocialização por até 3 anos, mas tudo isso depende do entendimento do poder judiciário. 

PROTESTO
No destacamento da PM, agentes de saúde e familiares da vítima fizeram um protesto. Eles gritaram palavras de ordem e levaram faixas pedindo Justiça. Houve gritos de revolta no momento em que os meliantes foram colocados na viatura para serem transferidos para Faxinal. [ Berimbau ]

Curta nossa Fanpage!

BORRAZÓPOLIS ONLINE™ 2015 - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.