domingo, 6 de julho de 2014

NEYMAR - Família descarta tratamento, e está fora de possível final da Copa


A família de Neymar descartou, na noite deste domingo, a possibilidade de o craque disputar a final da Copa do Mundo caso o Brasil passe pela Alemanha na próxima terça-feira, pela semifinal, no Mineirão. Em entrevista no "Domingão do Faustão", o médico da Seleção, José Luiz Runco, afirmou que não há nenhuma chance de Neymar entrar em campo no próximo domingo, no Maracanã.

- Em momento algum existe opção de tratamento. Hoje o Neymar tem uma lesão estável na sua coluna, que necessita de consolidação óssea. Se essa acontece outro impacto em cima dessa lesão, podemos transformá-la em instável e ter problemas tanto para o Neymar jogador, quanto para o ser humano. Infiltração é uma metodologia antiga que se fazia muito no futebol. Temos alguns casos de jogadores que tiveram repercussões na sua saúde por causa de infiltrações. Elas levam habitualmente medicações que são controladas pelo exame atni-doping, que não pode ser usado. Não vamos criar de forma alguma uma ilusão para nossa população brasileira de uma coisa que não existe. Não existe a menor possibilidade do Neymar jogar partida do dia 13, se nós chegarmos a final. Exatamente por isso que me preocupa, às vezes, a parte da ética e, principalmente, da conduta médica, e faz com que o nome do médico brasileiro seja colocado em cheque. Não existe a menor possibilidade do Neymar jogar na próxima terça-feira e, se a gente passar, no domingo - disse Runco.

Procurados por médicos especialistas em coluna no último sábado, Neymar e seus familiares ouviram que haveria a possibilidade de realizar infiltrações de analgésico para que o camisa 10 entrasse em campo sem dor. O diagnóstico foi que a lesão na terceira vértebra da região lombar da coluna, conhecida como L3, é a menos grave possível para a região.

Em visita à casa do jogador, no Guarujá, litoral de São Paulo, Mauricio Zenaide, médico do Santos, Rafael Martini, fisioterapeuta do clube, e Nicola Carneiro, especialista em coluna, o avaliaram e diagnosticaram a possibilidade do tratamento para bloquear a dor na região da vértebra fraturada após a joelhada do colombiano Zuñiga, nas quartas de final. Isso seria feito a partir de quarta-feira, um dia após a semifinal.
[ Globo Esporte ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.