quarta-feira, 18 de junho de 2014

COPA DO MUNDO - Brasil fica no 0 a 0 com o México na segunda rodada



CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS NO VÍDEO
A cada vez que o Hino Nacional é cantado à capela nos estádios, a emoção parece ser maior para os jogadores. Contra o México, Neymar não conseguiu nem esperar o fim da execução da canção. As lágrimas brotaram antes mesmo, com o craque brasileiro tendo até de se agachar para absorver o momento. O Brasil até teve boas chances para vencer o México, mas esbarrou na atuação inspirada de Ochoa. Em sua melhor intervenção, o goleiro voou no canto direito para defender a cabeça de Neymar, lembrando o lance entre Banks e Pelé na Copa de 1970. O arqueiro ainda seria decisivo ao evitar gols em finalizações de Thiago Silva, Paulinho e, outra vez, Neymar. Não à toa, foi eleito o melhor jogador da partida.
Luiz Felipe Scolari se disse feliz com a atuação da seleção brasileira no empate por 0 a 0 com o México, nesta terça-feira, no Castelão, em Fortaleza. Afirmou, em entrevista coletiva, que confia plenamente em sua equipe e até viu evolução em relação à vitória na estreia sobre a Croácia. Mesmo assim, deixou aberta a possibilidade de mudanças no time para o jogo da próxima segunda-feira, contra Camarões, em Brasília.

Uma delas poderá ser a volta de Hulk. Mesmo sem lesões apontadas nos exames clínicos, o atacante ficou fora da partida. Felipão espera que suas dores amenizem para poder escalar o jogador. Ramires foi escalado no empate, e o treinador admitiu que outros podem surgir na equipe.


- O time é esse com algumas variações e entradas de um ou outro jogador, como hoje entrou o Ramires. Pode ser que eu tenha outra substituição para iniciar contra Camarões, mas é uma equipe em que confio plenamente.

Se a atuação do Brasil deixou Felipão feliz, o mesmo não se pode dizer de algumas perguntas na entrevista coletiva. Ele respondeu com pouquíssimas palavras quando questionado sobre queda de rendimento desde a Copa das Confederações e se irritou ao ter que dizer se ainda confia em sua formação titular.

Por fim, anunciou que faria uma pergunta aos jornalistas após o término da coletiva e cumpriu o prometido em tom de ironia:

- Não tem mais pênalti a favor do Brasil ? Vocês só criticaram o do Fred.

O técnico reclamou de falta sobre o lateral Marcelo dentro da área, no segundo tempo, e se lembrou do lance que marcou a virada brasileira na estreia, quando o árbitro japonês Yuichi Nishimura errou ao dar pênalti em Fred.

[ Globo Esporte ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.