segunda-feira, 12 de maio de 2014

OCORRÊNCIA - Veículo é incendiado

No domingo, 11 de maio, de 2014, a Polícia Militar foi acionada para comparecer na Avenida Paraná, onde um carro estava em chamas. Ao chegar no local se constatou que era um Fiat Pálio que pertence ao morador Jôse Fachi. O próprio Jôse disse a nossa reportagem que estava dentro da casa quando ouviu o alarme disparar. Disse também que viu quando o acusado, um desafeto seu, de nome Carlos Vieira da Silva, o conhecido “Real”, quebrou o vidro com um pedaço de ferro, retirado de uma mola de caminhão, e jogou um fraco com gasolina, em seguida ateou fogo. Fachi usou uma mangueira de água para apagar o incêndio, mas mesmo assim o estofamento ficou todo destruído. Vale lembrar que no dia 9 de abril de 2014, o hoje acusado Carlos Vieira, teve o seu carro, um fusca, queimado, e ele fez um boletim de ocorrência na delegacia contra Jôse que nega o crime. O motivo da desavença seria ROSANA CORREIA DE SOUZA, que é ex-amásia de Jôse e hoje vive maritalmente com o conhecido “Real”. [ Reveja o primeiro caso em que o fusca foi queimado ]. A Polícia que havia instaurado um inquérito policial e já estava investigando o primeiro caso como desentendimento passional, informou que continua tomando as providências para responsabilizar os culpados. Buscas foram feitas neste dia 11 de maio, mas o acusado não foi encontrado.
[ Berimbau ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.