quinta-feira, 22 de maio de 2014

AMUVI - Destinação dos resíduos sólidos

Prefeitos se reuniram em Ivaiporã para ouvir a proposta de uma empresa privada sobre a destinação dos resíduos sólidos
Numa reunião que contou com participação de apenas sete prefeitos em Ivaiporã, e outros sendo representados por secretários e assessores, foi debatida a questão da Gestão dos Resíduos Sólidos com a possibilidade dela ser administrada por uma empresa privada de Curitiba, conhecida como “Transresíduos”. Em agosto vence o prazo em que por lei, cada município precisa apresentar a solução para o problema. Recentemente os administradores se reuniram em Ivaiporã para ouvir a Diretoria Senepar, que apresentou uma proposta viável, que seria a criação de dois consórcios, um em Apucarana e outro na região de Ivaiporã, mas com um custo de 120 reais a tonelada. Na reunião deste dia 21 de maio, que aconteceu na Câmara de Vereador de Ivaiporã, a empresa propôs a implantação de uma central para destinação dos resíduos em Ivaiporã ou região, com investimento de quase 11 milhões, mas com uma capacidade de atender cidades que ficam até 150 quilômetros de distância, podendo também abranger municípios da região central. O que mais interessou os prefeitos, é que o preço da tonelada seria de R$90,00 reais. A “Transresíduos”, ainda se propôs a buscar o resíduo no município, com um custo de cerca de R$35,00 a cada noventa quilômetros. Após o encontro, a maioria dos prefeitos e representantes, se mostrou satisfeita, mas a decisão pela adesão, só deve acontecer na próxima reunião da AMUVI, que vai acontecer em Kaloré, no dia 30 de maio.
[ Berimbau ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.