sexta-feira, 11 de abril de 2014

ALERTA - Abusos sexuais

Mães preocupadas com possíveis abusos sexuais alertam Pais em Borrazópolis e chamam atenção das autoridades
Um grupo de mães procurou a nossa reportagem para alertar sobre o risco que, principalmente, crianças e adolescentes estão sofrendo em Borrazópolis. Elas despertaram para o problema depois que na Avenida José Naline, proximidades do Posto Ivaipetro, uma jovem foi atacada por um elemento que teria tentado abusar da mesma e ainda furtado seu celular. Era madrugada, e a moça aos gritos conseguiu se desvencilhar do criminoso, mas teria decidido inicialmente não procurar a Polícia temendo represália. Há o caso ainda de um homossexual que foi agredido na região do Lago Municipal. Segundo o grupo que procurou nossa equipe, Borrazópolis foi invadida por o grande número de pessoas estranhas, e inclusive de estados da região nordeste, que vieram para trabalhar em obras públicas ou atraídas por outra frentes de trabalho; o fato é que entre os cidadãos idôneos: pais de família ou jovens interessados em realmente trabalhar, vieram também pessoas suspeitas e há até informação de foragidos da Justiça, e eles é que estão assustando moradores; isso sem contar indivíduos da própria cidade que também agido de forma criminosa. “Já recebemos vários relatos de mulheres que são assediadas ao passar na Rua, e até da tentativa de seduzir crianças, com o objetivo e levá-las para alojamentos ou outros locais e isso é muito grave. Queremos pedir aos Pais, principalmente aqueles que estão trabalhando e deixam os filhos em casa ou na Rua, que os oriente e fiquem mais atentos, antes que casos mais graves aconteçam”, diz a nota do grupo de mães. Nossa reportagem procurou a Polícia Militar, mas o sargento Gilmar Soares, está de férias. Segundo o Policial Eli Costa, é importante que quando houver suspeitas, ou tentativas, que as pessoas acionem a PM para providências. Já na Delegacia de Faxinal, o servidor Nisnike de Mello, informou que a Polícia Civil apura o caso registrado próximo ao Posto Ivaipetro, onde uma moça foi supostamente atacada e que há realmente alguns denúncias de mães, mas que tudo está sendo apurado. A delegacia também orienta os Pais para que fiquem atentos, mas disse que não se pode culpar somente as pessoas que vieram de fora, porque a grande maioria e idônea  e isso pode gerar uma discriminação com quem está município trabalhando nas obras. 
OUTRO CASO DE ESTUPRO - Menor acusa comerciante: Nossa reportagem foi cobrada também sobre o caso de uma menor que relatou que ao entrar num estabelecimento comercial de Borrazópolis, teria sido assediada por um comerciante que supostamente ofereceu produtos em troca de sexo. Queremos informar que vamos aguardar as investigações da Polícia, porque não há provas de que este crime tenha sido praticado, apenas a palavra da menor contra a do comerciante. Outro detalhe, o comerciante é uma pessoa idônea, de religião, e que durante toda sua história de vida em Borrazópolis, ganhou respeito e credibilidade. Isso não significa que ele não possa ter cometido o crime, mas pesa a seu favor, já que a menor entrou em seu estabelecimento e depois saiu o acusando. O comportamento da menor também é suspeito, por isso a Polícia pede total sigilo no caso para evitar que danos morais ou o pré julgamento de uma pessoa inocente.

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.