sábado, 4 de janeiro de 2014

DÍVIDA - Papa Francisco doa R$ 11,7 milhões para ajudar a cobrir déficit da JMJ

O Papa Francisco doou R$ 11,7 milhões para o Comitê Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ainda se encontra ativado quase seis meses depois do evento, realizado entre 23 e 29 de julho do ano passado, no Rio. O dinheiro, segundo informou a entidade nesta sexta-feira, será usado para cobrir o déficit da JMJ. Quando o evento terminou, a dívida com os fornecedores chegava a R$ 91,3 milhões, descontadas as receitas obtidas com as inscrições dos peregrinos oficiais, patrocínios e venda de produtos licenciados alusivos ao evento. Os valores foram renegociados, e um imóvel acabou sendo vendido para cobrir parte da dívida. Mas ainda faltam pagar R$ 43,2 milhões, sendo R$ 22,9 milhões apenas em despesas de alimentação.
Em outubro, a Arquidiocese do Rio lançou uma campanha de doações para cobrir esses R$ 43,2 milhões. Mas, até o momento, só arrecadou R$ 800 mil entre os fiéis. Os pedidos de doações vão continuar. A Arquidiocese também espera obter recursos com a venda de três DVDs e um CD comemorativos do evento. O DVD “Papa Francisco no Brasil — A Santa Missa” mostra o culto celebrado pelo papa no encerramento da Jornada, na Praia de Copacabana. Já o documentário “Rio de Fé, um encontro com Papa Francisco”, dirigido por Cacá Diegues, foi lançado em 6 de dezembro. O terceiro DVD da Jornada chegou às lojas no dia 10 do mês passado. É um DVD duplo, chamado “Uma jornada de esperança”, que apresenta a cobertura completa do evento.
“Quando o Papa Francisco esteve no Rio, ficou bem impressionado com tudo o que experimentou naqueles dias, manifestando a intenção de contribuir financeiramente com a JMJ. Foi uma iniciativa que partiu dele, reconhecendo a importância da JMJ para a juventude, a sociedade e a Igreja”, informou o Comitê Local da JMJ, por meio de nota.
Foi a segunda doação em dinheiro do Papa Francisco no Brasil. Quando veio ao país, Sua Santidade doou € 20 mil para investimentos na Favela de Varginha, no Complexo de Manguinhos, visitada por ele. Criada por João Paulo II, a JMJ é considerada o maior evento católico do mundo. A Jornada do Rio foi a primeira viagem internacional do Papa Francisco.
[ Oglobo RIO ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.