sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Richa autoriza convocação de 2.433 novos policiais e bombeiros militares

O governador Beto Richa autorizou a primeira chamada para ingresso de 2.223 policiais militares e 210 bombeiros militares no Curso de Formação de Soldados. Os alunos foram aprovados no último concurso, que vai contratar 4.445 PMs e 819 bombeiros para atuar em todo o Paraná. O concurso foi o mais concorrido da história da corporação com mais de 120 mil inscritos. 

“Nosso compromisso é oferecer condições para que as policiais operem com eficiência. Com esta convocação, já passa de cinco mil o número de policiais contratados neste governo para reforçar as forças de segurança do Estado”, afirma Richa. “Há uma reestruturação na área de segurança pública. Neste processo é fundamental contarmos com novos policiais”, completou o comandante-geral da PM, coronel César Vinicius Kogut. 

Os novos alunos-soldados serão convocados a partir de terça-feira para apresentação de documentação e escolha dos locais para formação. Eles devem se apresentar nas unidades da Polícia Militar (Batalhões e Academia Policial Militar do Guatupê – APMG) no dia 11, primeiro dia do curso de formação. 

A formação dos policiais será em batalhões de todas as regiões do Estado, sendo 800 nas áreas dos 1.º e 6.º CRPMs (Curitiba, Região Metropolitana e Litoral), 400 na área do 2.º CRPM (região de Londrina), 356 na área do 3.º CRPM (região de Maringá), 227 na área do 4.º CRPM (região dos Campos Gerais), 380 na área do 5.º CRPM (região de Cascavel), além das unidades especializadas que receberão os demais policiais militares. Os bombeiros serão formados em unidades da Região Metropolitana Curitiba, Litoral, Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu e Francisco Beltrão. 

PARANÁ SEGURO - Desde 2011, o Governo do Estado contratou 3.127 policiais (militares, civis e bombeiros) e abriu o concurso público para mais 5.264 policiais e bombeiros militares. O secretário da Segurança Pública, Cid Vasques, lembra que além das novas contratações foi instituído o pagamento de salário por subsídio, que garante aos policiais paranaenses uma das melhores remunerações do País. 

A contratação de policiais faz parte do Programa Paraná Seguro. O programa também inclui a entrega de novas viaturas para reequipar as polícias, além da compra de armamentos, soluções de inteligência e instalação de novos batalhões, como o da Fronteira. O Governo instalou ainda as Unidades Paraná Seguro (UPS), estruturas de policiamento comunitário montadas em áreas com altos índices de criminalidade. São 14 bases em Curitiba, Londrina e Cascavel. 

[ ANP ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.