domingo, 30 de junho de 2013

Reunião da AMUVI

NA PAUTA A MARCHA PARA BRASÍLIA E QUEDA NO "FPM" FORAM OS PRINCIPAIS ASSUNTOS DEBATIDOS PELOS PREFEITOS

Prefeito Adilson Lucchetti "Didi" Discursando aos Prefeitos e Autoridades Presentes.

Há pouco menos de dez dias para que prefeitos de todo o Brasil se reúnam na capital federal para a “XVI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios”, os Prefeitos do Vale do Ivaí decidiram marcar Presença Maciça. A Decisão foi Tomada pelos Prefeitos, durante a reunião da Associação dos Municípios do vale do Ivaí (Amuvi). O Objetivo da Marcha que ocorre entre os dias 8 a 11 de Julho, é reivindicar mais condições de trabalho para as Prefeituras e melhoria na Qualidade dos serviços públicos oferecidos á população. Neste ano, a Amuvi vai subsidiar parte das despesas das Prefeituras com o pagamento das passagens aéreas para Brasília. Cada uma receberá da AMUVI R$ 1 mil. 
Placa de Oficialização do JAVIS Regional
Segundo o prefeito Luiz Carlos Gil presidente da Amuvi, é muito importante que todos os prefeitos se façam presentes no evento, que nesse ano terá como tema central “O Desequilibro Federativo e a Crise nos Municípios”. “De forma unânime, os prefeitos decidiram ir para essa marcha e reivindicar melhores condições para os gestores. Com toda razão o povo protestou, agora é hora dos prefeitos irem a Brasília e protestarem também. As Prefeituras têm 70 % dos encargos, mas apenas 30 % da arrecadação”, relata Carlos Gil. 
Ele comenta ainda que o atual sistema de Distribuição de recursos é muito injusto. “Queremos que o governo federal repasse mais recursos. Por que muitas vezes passamos até vergonha, pois vamos com o pires, não mão pedindo verbas e voltamos sem nada. Mas, eu não me constranjo, pois estou pedindo para que minha população que me legitimou na ultima eleição” disse Carlos Gil.

A Prefeita de Jardim Alegre Neuza Pessuti (PMDB), também reclama do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Já recebíamos pouco. Em 2010 o índice que era 1 caiu para 0,8. Esse Mês por Exemplo, recebemos o repasse de aproximadamente R$ 700 Mil, mas só a folha de pagamento absorve tudo, não sobrando recurso para aplicar no Município” assinala Neuza.

Para o Prefeito de Rio Bom Moisés de Andrade (PSDB), ser gestor nos dias atuais tem sido uma tarefa dificil. “Temos gastos muito maiores do que o governo nos oferece como limite e não conseguimos atingir o serviço ideal por causa da grande Demanda”, Lamenta o Prefeito. Também participaram da Reunião o secretário do Esporte do Paraná, Evandro Rogério Roman, os Deputados Federais André Vargas (PT), Alex Canziani (PTB), o Deputado Estadual Artagão Júnior (PMDB) e o ex – governador Orlando Pessuti (PMDB).

Durante a Reunião houve a Apresentação dos Alunos de Violão do CRAS (Centro de Referência a Assistência Social) e o Hino que foi cantado pela Primeira Dama Irani Fitz Lucchetti e Tocado pela Jovem Rafelli Cassarotti.

[ Repórter do Vale ]

OUÇA A ENTREVISTA QUE O PREFEITO ADILSON LUCCHETTI CONCEDEU AO VIVO NA REUNIÃO:


Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.