quarta-feira, 12 de junho de 2013

Prefeito Didi assina recurso do “PAM” de 330 mil reais em Curitiba


GOVERNADOR BETO RICHA - PREFEITO ADILSON LUCCHETTI - DEPUTADO EVANDRO JÚNIOR

O Governo do Estado já liberou recursos a fundo perdido do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM) para 240 prefeituras. Nesta terça-feira, em solenidade no Palácio Iguaçu, o Governador Beto Richa autoriza transferências para 42 prefeituras. Outros 198 municípios já se credenciaram a receber os recursos desde a semana passada. 

O Prefeito Adilson Lucchetti “Didi” esteve participando da Solenidade do Programa de Atendimento aos Municípios (PAM) disponibilizados a fundo perdido pelo Governo do Estado uma verba no valor de R$ 330 mil, que segundo o Prefeito através de Audiência Pública, a comunidade de Borrazópolis já decidiu onde aplicar ou investir o dinheiro que será na ampliação e reforma da Capela Mortuária e na aquisição de um Micro-ônibus para o setor da Saúde. Na Solenidade esteve Presente Junto ao Prefeito Municipal Adilson Lucchetti o Deputado Estadual Evandro Júnior (PSDB) e o Governador do Estado Beto Richa (PSDB).
Segundo o Governo do Estado o PAM repassará R$ 150 milhões para cidades com até 50 mil habitantes aplicarem em projetos definidos pela própria população como prioritários. Os recursos foram devolvidos ao Executivo pela Assembleia Legislativa e as prefeituras recebem de R$ 300 mil a R$ 550 mil, de acordo o número de habitantes. Até o final de junho, todos os municípios habilitados receberão os recursos.

Até agora, cerca de R$ 90 milhões já foram liberados pelo governo. “O PAM confirma mais uma vez o caráter municipalista da nossa gestão”, disse o governador Beto Richa durante solenidade com prefeitos na noite de segunda-fiera (10/06). “Temos trabalhado em parceria muito forte com as prefeituras. Entendemos que é nas cidades que as pessoas moram, e nada mais justo do que apoiarmos quem está na ponta e conhece de perto a realidade dos cidadãos”, afirma ele.

O governador ressalta que a elaboração do PAM partiu da identificação de dificuldades financeiras vivida pelas administrações municipais. “As prefeituras sofrem pela diminuição dos repasses federais, principalmente com a queda do Fundo de Participação dos Municípios. Se o Estado sofre com as medidas adotadas pelo governo federal, imaginem os menores municípios”, diz Richa.

Os recursos do PAM são provenientes de devolução orçamentária da Assembleia Legislativa do Paraná que, pela economia feita pelos deputados e pela casa em geral, conseguiu devolver o valor para que fosse investido pelo Poder Executivo na melhoria de vida nas pequenas cidades.
[ Repórter do Vale ]

Siga nossa página no Facebook

BORRAZÓPOLIS ONLINE - Todos os direitos reservados. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.